caminhso

O Relatório de Previsão do Mercado de Petróleo da S&P Global Platts Analytics para a América Latina aponta que a retração na mobilidade ainda é um desafio para a recuperação da demanda por gasolina nos países da região no curto prazo. As variantes da COVID-19 e as taxas ainda relativamente baixas de vacinação são fatores que impactam a mobilidade e impedem que a procura pelo combustível chegue aos níveis de 2019, ano pré-pandemia.  De acordo com a S&P Global Platts Analytics, fornecedora líder de informações e preços para os mercados de commodities e energia, no terceiro trimestre de 2021, a demanda por gasolina na América Latina deve ser de 285 mil barris a mais por dia na comparação com 2020, porém 190 mil barris por dia menor do que o mesmo período de 2019. Para o quarto trimestre, a demanda ainda deve continuar abaixo dos níveis pré-pandemia em cerca de 130 mil barris por dia.

No Brasil, as condições climáticas adversas limitaram a colheita da cana-de-açúcar nesta safra, tornando a gasolina “C” (que conta com 27% de etanol) um combustível mais competitivo para os motoristas em relação ao próprio etanol.  Segundo o Relatório, no primeiro semestre de 2021, as vendas da gasolina “C” foram 50 mil barris por dia maiores do que em 2020, porém ainda 25 mil barris por dia abaixo do mesmo período de 2019. A demanda no terceiro trimestre de 2021 deve crescer 20 mil barris por dia na comparação com o ano passado, mas a projeção é de que ainda fique 60 mil barris por dia abaixo de 2019.  O Relatório ainda mostra que, no terceiro trimestre de 2021, apenas a demanda por diesel deve superar os números de 2019. Isso por conta da maior produção industrial, do crescimento econômico, das vendas no varejo e, também, por conta do transporte de cargas. A projeção é que, no período, a procura pelo combustível seja 20 mil barris por dia maior.  Para lembrar, a S&P Global Platts Principal é fornecedora independente de informações e preços de referência para os mercados de commodities e energia e tem clientes em mais de 150 países.

Fonte: https://petronoticias.com.br/relatorio-da-sp-platts-aponta-recuperacao-lenta-na-demanda-por-gasolina-na-america-latina/