TUBO (1)
TUBO 2

A Petrobrás anunciou que vendeu mais um de seus ativos e informa que desta vez foi a Gaspetro. Em seu comunicado a empresa diz que assinou com a empresa Compass Gás e Energia  (Compass) um contrato para a venda da totalidade de sua participação (51%) na Petrobras Gás (Gaspetro). O valor da venda é de R$ 2,03 bilhões, a ser pago em seu fechamento, sujeito aos ajustes previstos no contrato.  O fechamento da transação está sujeito ao cumprimento de condições precedentes, como a aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE). Além disso, “ a Petrobrás observará as disposições constantes dos acordos de acionistas da Gaspetro e das distribuidoras de gás natural, inclusive quanto aos direitos de preferência, conforme aplicáveis. Esta operação está alinhada com o Termo de Compromisso de Cessação (TCC) assinado com o CADE, em julho de 2019, para promoção de concorrência no setor de gás natural no Brasil, bem como à estratégia de otimização do portfólio e à melhora de alocação do capital da companhia, visando a geração de valor.”

Para lembrar, a Gaspetro é uma holding com participação societária em 19 companhias distribuidoras de gás natural, localizadas em todas as regiões do Brasil. Suas redes de distribuição somam aproximadamente 10 mil km, atendendo a mais de 500 mil clientes, com volume distribuído de cerca de 29 milhões m3/dia. Seu quadro societário é formado pela Petrobrás, com 51% das ações, e a Mitsui Gás e Energia do Brasil, que detém os 49% restantes das ações.

TUBO (2)

A Compass é uma empresa do Grupo Cosan, criada no ano de 2020, com o objetivo de atuação no segmento de gás e energia. Atualmente, além de projetos infraestrutura de gás, comercialização e geração de energia, a Compass é controladora da Comgás, maior distribuidora de gás do país com mais de 19 mil km de rede instalada e 2,1 milhões de clientes e com presença em 94 municípios do Estado de São Paulo. O Grupo Cosan, por sua vez, além do segmento de gás e energia, atua na produção de açúcar, etanol, bioenergia, distribuição e comercialização de combustíveis, por intermédio da Raízen (joint ventureentre a Cosan e a Shell), no segmento de lubrificantes, através da Moove, e de logística, através da Rumo.

Fonte: https://petronoticias.com.br/petrobras-vende-para-o-grupo-cosan-a-sua-participacao-de-51-na-gaspetro-por-r-203-bilhoes/