arvore-natal

A consultoria Westwood está prevendo que as petroleiras que operam no Brasil vão demandar até 11 árvores de natal molhadas (ANM) no ano de 2021. De acordo com o relatório da empresa, os principais projetos que precisarão deste tipo de equipamento no primeiro trimestre incluem dois empreendimentos no Brasil: Bacalhau, da Equinor, e Búzios 5, da Petrobrás.

Falando globalmente, a Westwood diz que a demanda pelas ANM pode totalizar até 224 unidades, levando em consideração o preço do barril Brent na casa dos US$ 50. Desse total, a consultoria classificou 137 unidades como firmes, 51 como prováveis e 32 como possíveis. Em 2020, o setor de óleo e gás contratou 153 árvores de natal molhadas em todo o mundo, um número que representa queda de 33% na comparação com o ano anterior.

Já olhando para o médio prazo, a Westwood acredita que a demanda pelos equipamentos no período entre 2021 e 2025 será de 1.290 unidades, com uma média de aproximadamente 260 unidades por ano. Boa parte desse número (43%) será proveniente da demanda de projetos da América Latina, por conta da evolução de projetos do pré-sal e no bloco Stabroek, na Guiana.

As árvores de natal molhadas são equipamentos que fazem a ligação entre o sistema submarino de produção e o poço de petróleo. É por meio desse equipamento que o operador abre e fecha válvulas, de acordo com mudanças de pressão, vazão e temperatura.

Fonte: https://petronoticias.com.br/brasil-demandara-ate-11-arvores-de-natal-molhadas-em-2021-diz-westwood/