Abdulaziz bin Salman

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo e outras importantes nações produtoras do insumo, como a Rússia, estão discutindo nesta tarde (5) como será o ritmo de produção do nos próximos meses. O grupo, conhecido como Opep+, avalia se irá manter a oferta no patamar atual ou mesmo reduzi-la. Há, contudo, países que defendem aumentar a produção e jogar mais petróleo no mercado.

As negociações começaram ontem (4) e estão sendo retomadas na tarde desta terça-feira. A Rússia e outros países defenderam uma maior oferta durante a primeira reunião da Opep+. Já países como o Irã e os Emirados Árabes Unidos sugeriram que a oferta seja mantida estável.

No início da semana, ministro saudita de Energia, príncipe Abdulaziz bin Salman, afirmou que a Opep+ deveria manter cautela nesse momento, ainda que o clima no mercado esteja otimista com o desenvolvimento de vacinas em tempo recorde. O ministro alertou que a demanda por combustíveis ainda permanece frágil e lembrou que novas novas variantes do coronavírus são imprevisíveis.

Fonte: https://petronoticias.com.br/opep-reinicia-suas-negociacoes-sobre-cortes-nas-producao-de-petroleo/