publico

Nada feito para os blocos das Bacias de Sergipe-Alagoas e Recôncavo. As áreas ofertadas dentro dessas regiões no leilão da Oferta Permanente não atraíram interessados e, assim, não receberam lances.

Além de Sergipe-Alagoas e Recôncavo, a bacia de Santos e a porção offshore da Bacia do Espírito Santo também não chamaram atenção e ficaram sem lances por parte das companhias participantes da licitação, que está sendo realizada no Rio de Janeiro.

O Segundo Ciclo da Oferta Permanente está oferecendo 14 setores de blocos exploratórios de nove bacias: Santos, Espírito Santo, Campos, Paraná, Amazonas, Recôncavo, Sergipe-Alagoas, Potiguar e Tucano. Além disso, a ANP está ofertando dois setores de áreas com acumulações marginais das bacias do Solimões e Recôncavo. Ao todo, 63 petroleiras se inscreveram para participar da disputa.