BENTO

O Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, participou hoje (7) da Mesa Redonda Ministerial “Ideias para uma agenda energética regional da América Latina pós-covid-19”. O evento foi idealizado pela Agência Internacional de Energia (AIE) e pela Organização Latino-Americana de Energia (OLAE).

Durante sua fala no evento, Albuquerque destacou que o Brasil experimenta uma retomada no consumo de combustíveis desde maio, com exceção do querosene de aviação (QAV). Os demais derivados estão já em níveis normais de consumo, afirmou o ministro.

O chefe da pasta também falou dos desinvestimentos da Petrobrás, frisando que algumas das áreas vendidas pela estatal foram reativadas por grupos privados, sendo que parte delas tiveram um aumento de produtividade em até 30%. “Vemos esses sinais como indicação de que estamos indo por um bom caminho”, opinou o ministro. Ele citou ainda outras medidas que estão em curso no setor de O&G do Brasil, como o programa Novo Mercado de Gás.

O encontro contou também com a participação do diretor-executivo da Agência Internacional de Energia, Fatih Birol, do presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Mauricio Claver-Carone, do secretário-executivo da Organização Latino-Americana de Energia, Alfonso Blanco, além de outros ministros de diferentes países.