bento

O Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, disse hoje (5) que o Brasil está avançando no estudo do potencial da regulamentação e dos mercados de hidrogênio. A declaração foi dada durante sua participação no Congresso Brasil-Alemanha de Hidrogênio Verde, organizado pela Câmara de Comércio Brasil-Alemanha. Albuquerque declarou que o país tem o potencial de gerar hidrogênio verde de forma competitiva e eficaz, tanto para consumo doméstico quanto para exportação.

No marco da parceria energética Brasil-Alemanha, estamos realizando um mapeamento para o hidrogênio verde no Brasil e um levantamento do mercado potencial”, destacou o ministro. “Estamos também levando as possíveis correlações com os programas de biocombustíveis e de gás natural e amônia, com o objetivo de quantificar o mercado interno e a nossa capacidade de exportação. Os primeiros resultados desse mapeamento devem ser divulgados proximamente”, concluiu.

O ministro recordou ainda que o etanol combustível é uma molécula rica em hidrogênio e produzida de forma sustentável no Brasil. E disse ainda que as energias renováveis têm sido um dos pilares do Programa de Cooperação Técnica e Financeira Brasil-Alemanha, um dos maiores do mundo.