glp

Um novo levantamento feito pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) aponta que as vendas de gás de cozinha em botijão residencial de 13 kg (GLP P-13) totalizaram 908,8 mil metros cúbicos em julho, o maior volume da série histórica já registrada para esse intervalo. Segundo a agência, o número representa uma elevação de 3,97% em relação ao mesmo mês do ano passado.

A ANP diz ainda que a comercialização de GLP P-13 no Brasil se mantém em patamar elevado pelo quinto mês seguido. O país teve em março, abril e julho os maiores recordes de venda para esses meses de toda a séria histórica (iniciada em 2010). Em maio e junho, a quantidade comercializada do combustível se posicionou na segunda colocação da série histórica para os respectivos meses.

No acumulado do ano, as vendas do gás de cozinha em botijões de 13 KG estão somando 5,9 milhões de metros cúbicos entre janeiro e julho, um crescimento de 7,25% em relação ao mesmo período de 2019. Já o GLP destinado aos usos industrial e comercial registrou queda de 3,68% em julho, com 334,6 mil metros cúbicos vendidos nesse período.