SWSWSWSWS

Um ganho para o consumidor que está com as contas de energia atrasadas. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) bateu o martelo e definiu que os atrasos nos pagamentos das contas de luz serão corrigidos pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), que é o nosso principal índice para medir a inflação no País. Para lembrar, atualmente, os débitos dos consumidores inadimplentes são ajustados pelo IGP-M (Índice Geral de Preços – Mercado), que registrou forte alta desde o início da pandemia. Essa medida, no entanto,  só estará em vigor a partir do dia 1º de junho.

Para se ter uma ideia, o diretor da ANEEL, Sandoval Feitosa (foto), que foi o relator deste processo, lembrou que o IGP-M acumulado nos últimos 12 meses, bateu a marca de 31%, enquanto a inflação medida pelo IPCA ficou em 6%: “A Aneel não pode deixar que os consumidores que não conseguirem pagar suas faturas em dia sejam submetidos a uma taxa de atualização tão elevada. Isso se traduziria em dificuldades ainda mais de adimplência e aumentaria ainda mais o impacto negativo da pandemia para os consumidores mais pobres.”

Fonte: https://petronoticias.com.br/aneel-decide-que-as-correcoes-das-contas-de-energia-em-atraso-sejam-feitas-pelo-ipca/