AQAQAAQAQA

A APM Terminals Pecém cresceu 10% em 2020  atingindo  a movimentação de quase 388 mil 387.717 contêineres (TEUs), com destaques para a exportação de unidades refrigeradas e para a importação. A Cabotagem subiu 5% no volume total em comparação com 2019, registrando cerca de 330 mil TEUs movimentados durante 2020. Com isso, o modal segue representando a maioria das movimentações do Terminal com cerca de 85% do volume total. A APM Terminals Pecém oferece 6 linhas de Cabotagem interligando o sul ao nordeste do país e Manaus, sendo ponto de para estratégica para exportação e importação. Já na avaliação das cargas de Longo Curso, a APM Terminals Pecém registrou aumento de 49% frente ao ano de 2019. A exportação e importação representam 15% do volume total movimentado. Pecém também destacou-se no cenário nacional, sendo o Terminal que apresentou maior crescimento no Brasil em 2020. Segundo dados do Datamar, em 2020, a APM Terminals Pecém ficou em primeiro lugar no crescimento das exportações, com índice de 46,60%, e em segunda colocação no sentido da importação, com aumento de 19,56%.

SWSWSWSSWSSS

Para o Diretor Superintendente da APM Terminals Pecém, Daniel Rose, o crescimento surpreendeu: “Nós iniciamos o ano com uma perspectiva de crescimento entre 5 e 6%, porém, a chegada da pandemia fez com que a empresa se preparasse para vários cenários, inclusive de quedaNosso trabalho não podia – e não pode parar – então, adotamos todas as medidas possíveis de segurança e seguimos operando com qualidade e, aos poucos, vimos os resultados aparecerem de forma surpreendente.”

O terminal ainda vem colhendo bons resultados devido ao desempenho do mercado de exportação de frutas da região,  que cresceu 13 pontos percentuais no market share chegando a 33%, um dos Portos que mais exportou frutas na região do Nordeste.  Além do crescimento, teve aumento também  de 73% no volume de movimentações de contêineres para a safra de frutas de 2020/2021. Sendo o principal Terminal de exportação e a principal escolha dos maiores exportadores da Região.

Seguido de um ano de crescimento em números operacionais, o Terminal de Pecém continua seu desenvolvimento e registra o melhor resultado de janeiro em operações de contêiner. Ao longo dos dois primeiros meses de 2021 do ano, movimentou mais de 65,4 mil TEUs, representando um crescimento de 15,9% frente 2020. Grande parte desse crescimento se deve ao resultado do aumento das movimentações de cargas de Cabotagem, que encerrou fevereiro com cerca de 54 mil TEUs, 17% a mais do que o mesmo período de 2020. A exportação de cargas também se destacou com aumento de 26,8%.

Fonte: https://petronoticias.com.br/movimentacao-de-conteineres-no-terminal-do-pecem-bate-recorde-e-apm-terminals-comemora/