Petrobras abriu o primeiro processo de arrendamento do Terminal de Regaseificação de GNL da Bahia e seu gasoduto integrante no final de 2019

A Petrobras informa em fato relevante na manhã deste dia (01/02) que o processo licitatório para o arrendamento do Terminal de Regaseificação de GNL da Bahia (TR-BA) e instalações associadas foi reaberto neste dia.

A reabertura da licitação visa determinar nova data limite para credenciamento de empresas que manifestarem interesse em participar da nova disputa.

O processo licitatório aberto pela Petrobras será restrito às empresas pré-qualificadas, respeitando as condições apresentadas na Convocação de Pré-Qualificação de 09/12/2019, disponível no site da estatal.

O processo de arrendamento do Terminal de Regaseificação de GNL da Bahia e seu gasoduto integrante iniciou no final de 2019. Entretanto, o FSRU não faz parte do processo de arrendamento do terminal.

A iniciativa está em consonância com o Termo de Compromisso de Cessação para o mercado de gás natural celebrado junto ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE), em julho de 2019, que prevê a saída da Petrobras de diversos elos do mercado de gás, como transporte e distribuição.

Sobre o Terminal de Regaseificação de GNL da Bahia

O Terminal de Regaseificação de GNL da Bahia (TR-BA) consiste em um píer tipo ilha com todas as facilidades necessárias para atracação e amarração de um navio FSRU (Floating Storage and Regasification Unit) diretamente ao píer e de um navio supridor a contrabordo do FSRU.

A transferência de GNL é feita diretamente entre o FSRU e o supridor na configuração side by side. A vazão máxima de regaseificação do TR-BA é de 20 milhões m³/d.

O gasoduto integrante do terminal possui 45 km de extensão e 28 polegadas de diâmetro, interligando o TR-BA a dois pontos de entrega, a Estação Redutora de Pressão de São Francisco do Conde e a Estação de Controle de Vazão de São Sebastião do Passé.

Fonte: https://clickpetroleoegas.com.br/petrobras-anuncia-reabertura-de-licitacao-para-venda-do-terminal-de-gnl-da-bahia/