Desinvestimentos milionário da Petrobras no Espírito Santo: 3R Petroleum arrematou por 55 milhões de dólares os campos de petróleo Peroá, Cangoá e Malombe

A gigante petroleira brasileira Petrobras informou em fato relevante na manhã deste dia (01/02) que vendeu para 3R Petroleum a totalidade de suas participações do Polo Peroá, localizado na Bacia do Espírito Santo, por US$ 55 milhões.

O Polo Peroá contém os campos Peroá e Cangoá, que pertencem concessão BM-ES-21 (Plano de Avaliação de Descoberta de Malombe). A OP Energia e a DBO Energia, subsidiárias da 3R Petroleum, formarão um consórcio para aquisição do Polo Peroá, com 50% de participação cada, tendo a primeira empresa como operadora.

Segundo o informe da Petrobras dos US$ 55 milhões, US$ 5 milhões serão pagos na presente data; US$ 7,5 milhões no fechamento da transação e US$ 42,5 milhões em pagamentos contingentes previstos em contrato, relacionados a fatores como declaração de comercialidade de Malombe, preços futuros do petróleo e extensão do prazo das concessões.PUBLICIDADE

“Os valores não consideram os ajustes devidos até o fechamento da transação, que está sujeito ao cumprimento de condições precedentes, tais como a aprovação pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP)”diz a Petrobras no comunicado.

Roberto Ardenghy, diretor de Relacionamento Institucional e Sustentabilidade da Petrobras, acredita que a assinatura do contrato é um marco importante na consolidação de uma indústria mais forte e competitiva. “Nosso objetivo é maximizar o valor do nosso portfólio e dar oportunidade para que outras empresas do setor possam também prosperar. No portfólio destas companhias, o Polo Peroá poderá se desenvolver, recebendo novos recursos e aumentando sua vida útil, com impacto positivo na geração de empregos e renda para a região”.

Sobre o Polo Peroá da Petrobras, na Bacia do Espírito Santo

A Petrobras detém 100% de participação nos campos de Peroá e Cangoá, localizados em águas rasas, cuja produção média de 2020 foi de cerca de 658.000 m3/dia de gás não-associado, e 100% de participação no bloco exploratório BM-ES-21, localizado em águas profundas, em que se encontra a descoberta de Malombe.

Sobre a OP Energia e a DBO Energia

A OP Energia é uma subsidiária integral da 3R Petroleum Óleo e Gás S.A., companhia listada no Novo Mercado da bolsa brasileira, cuja estratégia é revitalizar campos maduros onshore e offshore.

Para Ricardo Savini, presidente da 3R Petroleum, “a decisão da Petrobras de desinvestir, especialmente em campos maduros, dinamiza o mercado de óleo e gás brasileiro e possibilita a estrutura&cced.

Fonte: https://clickpetroleoegas.com.br/3r-petroleum-arremata-da-petrobras-por-55-milhoes-de-dolares-tres-campos-de-petroleo-na-bacia-do-espirito-santo/