gas natural

A SCGÁS tem motivos para comemorar. A companhia registrou em novembro um volume recorde de comercialização de gás natural: foram 2,1 milhões de metros cúbicos por dia do combustível durante o intervalo. O volume representa ainda um crescimento de 5% em relação à média do mesmo mês em 2019.

Segundo a companhia, nos primeiros meses do ano, o volume de distribuição do gás natural registrou números superiores às vendas do mesmo período em 2019. Até que veio a pandemia do coronavírus e bagunçou todo o cenário. Entre março e maio, a comercialização de gás sofreu queda.

O quadro só voltou a melhorar em junho, quando os volumes começaram a crescer de novo. “Desde então, a distribuição segue em ritmo de crescimento consolidado, superando, inclusive, os volumes registrados em janeiro e fevereiro. No mês de outubro, por exemplo, a SCGÁS registrou o maior volume de gás natural em um único mês, de 65.814.488 metros cúbicos”, detalhou a companhia.