petrobras

Depois de anunciar a venda de ativos terrestres na Bahia, a Petrobrás agora volta ao noticiário após avançar no desinvestimento em campos em águas rasas no estado do Ceará. A estatal entrou agora na fase vinculante na negociação de sua participação de 100% nas áreas de Atum, Curimã, Espada e Xaréu (Polo Ceará).

Esses campos estão em operação desde década de 80. Localizados a uma distância de 30 km da costa do estado do Ceará, o ativos estão em lâmina d’água entre 30 e 50 metros. A produção média do polo no ano passado foi de 4,2 mil barris por dia de óleo e 76,9 mil m³ por dia de gás.

Nessa etapa vinculante, os potenciais investidores interessados nos campos recebem uma carta-convite com instruções sobre o processo de venda. Os documentos também possuem orientações para a realização de due diligence e para o envio das propostas vinculantes.Compartilhar: