petrobras

A Petrobrás conseguiu em setembro um novo recorde de produção de Diesel S-10, com baixo teor de enxofre, totalizando 1,89 milhão de metros cúbicos no período. Este foi o quarto mês seguido que a empresa conseguiu números recordes na produção do combustível. Além disso, ainda em setembro, a Petrobrás informou que também alcançou índice histórico de vendas do mesmo produto, quando foram comercializados 1,91 milhão de metros cúbicos.

A empresa atribui a elevação na produção do insumo à maior demanda pelo combustível e a evolução dos motores de veículos pesados e utilitários movidos a diesel. São eles que fazem a maior parte da circulação de mercadorias no território nacional.

Em relação às vendas, a estatal afirma que o resultado foi alcançado graças às “as ações comerciais implementadas pela companhia com o objetivo de mitigar os efeitos da pandemia da COVID-19 sobre a demanda de combustíveis e nos esforços bem-sucedidos de ampliar a oferta do produto com menor teor de enxofre, em substituição ao Diesel S-500”.